27
Fev 09

"Evitamos a inveja se guardarmos as alegrias para nós próprios."

Séneca

 

Aprendi que devo guardar para mim todas as coisas boas, deveria ter aprendido mais cedo, mas parece que ainda vou a tempo...

publicado por 100jeito às 16:45
sinto-me:

25
Fev 09

Os Convencidos da Vida 

Todos os dias os encontro. Evito-os. Às vezes sou obrigado a escutá-los, a dialogar com eles. Já não me confrangem. Contam-me vitórias. Querem vencer, querem, convencidos, convencer. Vençam lá, à vontade. Sobretudo, vençam sem me chatear.
Mas também os aturo por escrito. No livro, no jornal. Romancistas, poetas, ensaístas, críticos (de cinema, meu Deus, de cinema!). Será que voltaram os polígrafos? Voltaram, pois, e em força.
CONVENCIDOS DA VIDA há-os, afinal, por toda a parte, em todos (e por todos) os meios. Eles estão convictos da sua excelência, da excelência das suas obras e manobras (as obras justificam as manobras), de que podem ser, se ainda não são, os melhores, os mais em vista.
Praticam, uns com os outros, nada de genuinamente indecente: apenas um espelhismo lisonjeador. Além de espectadores, o CONVENCIDO precisa de irmãos-em-convencimento. Isolado, através de quem poderia continuar a convencer-se, a propagar-se?

(...) No corre-que-corre, o CONVENCIDO DA VIDA não é um vaidoso à toa. Ele é o vaidoso que quer extrair da sua vaidade, que nunca é gratuita, todo o rendimento possível. Nos negócios, na política, no jornalismo, nas letras, nas artes. É tão capaz de aceitar uma condecoração como de rejeitá-la. Depende do que, na circunstância, ele julgar que lhe será mais útil.
Para quem o sabe observar, para quem tem a pachorra de lhe seguir a trajectória, o convencido da vida farta-se de cometer «gaffes». Não importa: o caminho é em frente e para cima. A pior das «gaffes», além daquelas, apenas formais, que decorrem da sua ignorância de certos sinais ou etiquetas de casta, de classe, e que o inculcam como um arrivista, um «parvenu», a pior das «gaffes» é o convencido da vida julgar-se mais hábil manobrador do que qualquer outro.
Daí que não seja tão raro como isso ver um CONVENCIDO DA VIDA fazer plof e descer, liquidado, para as profundas. Se tiver raça, pôr-se-á, imediatamente, a «refaire surface». Cá chegado, ei-lo a retomar, metamorfoseado ou não, o seu propósito de se convencer da vida - da sua, claro - para de novo ser, com toda a plenitude, o CONVENCIDO DA VIDA que, afinal... sempre foi.


Alexandre O'Neill, in "Uma Coisa em Forma de Assim"

 

Porque agora devoro Alexandre O`Neill. Por isso decidi postar este texto. Ai como eu concordo com ele!

 

publicado por 100jeito às 20:52
sinto-me:

24
Fev 09

Teus braços sempre se abrem quando preciso um abraço. Teu coração sabe compreender quando preciso uma amiga. Teus olhos sensíveis se endurecem quando preciso uma lição. Tua força e teu amor me dirigiram pela vida e me deram as asas que precisava para voar.

( Frases e Pensamentos de Autor Desconhecido)

 

...Parabéns Mãe...

 

 

Acho que não preciso de dizer mais nada, tu sabes o quanto és importante para mim!

 

publicado por 100jeito às 15:30
sinto-me:

23
Fev 09

"Tamborim avisou, cuidado,
Violão respondeu, me espera,
Cavaquinho atacou, dobrado,
Quando o apito chegou, já era.

Veio o surdo e bateu, tão forte,
Que a cuíca gemeu, de medo,
E o pandeiro dançou, que sorte,
Fazer samba não é brinquedo,
Todo mês de fevereiro, morena,
Carnaval te espera."

....

 

Vamos para o SAMBA hoje... Desejo a todos UM BOM CARNAVAL!


"É CARNAVAL NINGUÉM LEVA A MAL"

 

Hoje parece que vai haver muitas mais mulheres que o normal, visto que é neste dia que os homens adoram vestir-se á mulher...Hoje a concorrência vai ser forte!!!

 

publicado por 100jeito às 15:55
sinto-me:
tags:

Jantar de família - mãe, tios, afilhados - Tema de conversa: quando comemos algo que já não nos deliciamos há muito tempo - Sabe tão bem!

Eu que tinha passado o jantar todo caladinha, não sei bem porque, mas talvez não estivesse nos meus dias para falar (e não estava mesmo!), tenho esta saída infeliz frente á família toda...

- "Mas é mesmo verdade, então no outro dia fui ao Mcdonald`s e quase que tinha um "Hamburgorgasmo"!!!" Silêncio na mesa...Só ouvi uma vozinha: - "Um quê, madrinha?" UPSSSSS mesmo! Há dias que mais vale ficarmos caladinhas! Tenho para mim que este era um deles...

publicado por 100jeito às 15:41
sinto-me:

22
Fev 09

Desafio aceite semchave.blogs.sapo.pt/ !!!

E o desafio é dizer quais as 10 coisas completamente grátis que mais gosto... E então aqui fica a listinha:

 

1 - Passear á beira mar!

2 - Olhar as estrelas!

3 - Chegar a casa depois de um dia mau e ficar quietinha no meu canto sem ninguém a incomodar!

4 - Fazer o "Amor"! lol

5 - Escrever o que me apetecer!

6 - Sentir o cheiro da terra depois de uma chuvada!

7 - Ser surpreendida!

8 - Acordar sem despertador!

9 - Rir!

10 - Passar um dia na galhofa com as amigas!


Para terminar tinha de desafiar 10 pessoas...Mas deixo isso para quem quiser ser desafiado!

 

 

publicado por 100jeito às 21:56
sinto-me:
tags:

20
Fev 09

Adoro a sinceridade das crianças! Sinceridade essa que perdemos com o passar do tempo...

Bernardo com 6 anos de idade (meu afilhado mais velho!) numa conversa sobre o bife que estava a comer, pedia para lhe tirar a gordura até usava a palavra - "Nojo"! Dizia ele que não queria engordar (com 6 anos!). Nisto lembra-se não sei porque carga d`água e deixa me espantada com as suas palavras!

"- Oh madrinha, tás a falar em gordura e não sei o que! Tu também antes eras gorda!"

Deixou me sem resposta! Nisto, deve ter reparado no meu silêncio e termina de um jeito só seu!

"- Mas agora estás magrinha, agora sim podes comer a gordura do bife, mas sabes que gorda ou magra tu és linda!"


Lembrei me disto porque acabou de me ligar só para me dizer que  vem cá jantar, para eu não combinar nada, pois tem saudades minhas e exige a minha presença! Lá terei eu de acatar as ordens do puto!

publicado por 100jeito às 13:18
sinto-me:

19
Fev 09

Hoje lembrei me que nunca falei sobre a minha gata! Frederica Paula Dias Gomes – Freddy!

Minha companhia nos momentos que passo em casa, sempre a minha volta, sempre a seguir os meus passos, até para o wc me acompanha, não entendo este amor por mim, mas na verdade eu também não sei viver sem ela, estranho, mas é verdade!

Mas o que me incomoda, para ser sincera é o tipo de vida deste animal, metidos em casa, comem, dormem, andam atrás dos donos, miam as vezes (apesar da freddy miar imenso, ate parece que fala com as pessoas, pois fazem uma pergunta e ela mia! Educada…)

Numa manhã, despertador toca, marcava 7h15m, levantei me da cama, olhei para ela e todo o meu ritual matinal, foi a pensar – SE EU FOSSE UMA GATA! Rica vida a minha! Acordava a mesma hora, mas com uma diferença, que seria esta: quando a minha dona saísse de casa eu voltava para a cama, talvez fosse tomar o pequeno-almoço e ao wc (caixote de areia), mas depois lá iria eu deliciar me na minha suave, quente cama! Esperava a vinda da minha dona a dormir ou a passear pela casa, passatempo interessante, e mal ela chegasse andava atrás dela…Ela lá se ia deitar e eu claro acompanhava! Rica vida!

Já no carro, no trânsito, estes pensamentos não saíam da minha cabeça, como era bom estar na cama…Ter vida de Gata…

Achei que este pensamento não seria só da minha pessoa, olhava a minha volta, para os outros carros e pensava: “Também gostavas de ter vida de Gata(o)!? Pois claro que gostavas, quem não gostava!?” Mas como tudo na vida, aquilo que gostamos/queremos hoje, não é o que queremos amanhã! Ora, um dia, uma semana, vida de Gata, sim! Agora todos os santos dias do ano! Que tédio! Eu seria uma autêntica bola de Berlim em pessoa! (comer/dormir), não falaria ao telemóvel, não poderia escrever, não poderia conduzir, não poderia ver o mar, não poderia sair e divertir me com as minhas amigas, penso que até do trânsito teria saudades! E depois conclui…Somos uns seres inconstantes! Queremos sempre algo que não podemos ter, queremos uma vida ociosa, queremos ter empregados (donos) para nos servirem o jantar e almoço, etc. mas só por uns instantes…Pois não acredito que alguém aguentasse essa vida…Por isso, uma salva de palmas para os Gatos/Gatas, por conseguirem ter uma vida assim e serem felizes (pelos menos a freddy é, faz muitas vezes aquele barulhinho de rumrum!).

 

publicado por 100jeito às 14:01
sinto-me:

18
Fev 09

De todas as teorias que me deparei ao longo da minha vida, dando alguns exemplos: Teoria Geral do Crime, Teoria dos fins das penas, Teorias subjectivas, Teoria normativista de Kelsen, Teoria da “condition sine qua non” (neste momento são estas que me lembro!) entre outras, posso eventualmente não concordar com elas, mas consigo entender o seu conteúdo! Mas existe uma Teoria que penso que nunca vou entender! Dá-se pelo nome de “Teoria do ele deixou de ter interesse”, não conhecem!? Passo a explicar.

Ora, quando conhecemos um rapaz, primeira coisa a fazer!? Não dar muita importância, depois eles aos nossos olhos ficam tipo aqueles príncipes, que nos aparecem no seu cavalo branco, continuamos com o pé atrás, numa de defesa, continuamos a não deixar que ele derrube a nossa “bola de plástico” onde nos inserimos! Mas com o tempo dá-mos inicio á fase do “Vou acreditar!” e as coisas mudam! Ora aqui dá se o processo da Teoria do ele deixou de ter interesse! Pois quando começamos a acreditar eles vão desaparecendo! Pois e é aqui que me deparo com vários dilemas! Então, se eles se fazem passar por príncipes, logo, a meu ver, querem ou desejam algo mais de nós, querem a nossa confiança, querem a nossa atenção! Parece que estou certa!? Se não estiver, estejam a vontade de me avisar! Então para quê tanto trabalho a fazerem se passar por “Príncipes”, demonstrando ser diferente de todos os outros homens (Como eles odeiam que digam “os homens são todos iguais!”), de nos prometerem mundos e fundos! Ok, desculpem, aqui era a parte do “ENGATE”, eu sei, está na natureza deles…Primeiro dilema, acho que encontrei a solução…Era tudo uma questão de engate! Segundo, porque perdem eles o interesse? Porque deixamos de ser algo “proibido”, perdemos o encanto de um momento para o outro? Ok, a minha mãe sempre me disse: “ O proibido é o mais desejado!” talvez seja esta a solução para o segundo dilema! Por último, pergunto-me, porque é que eles perdem tempo com isto? Está na natureza deles!? Será tudo uma questão de caça?

E será que esta teoria se adapta também á mulher!? Na minha opinião, acho que não, talvez algumas, aquelas que já conseguem pensar como autênticos “gajos” (ai como eu gostava de me tornar numa dessas mulheres, sofreria menos!) De todas as mulheres que conheço, de várias histórias que fui conhecendo parece que não se adapta! Pois nós mulheres, quando acreditamos dá-mos tudo de nós, e perdemos sim interesse, quando não nos dão valor! Sim, esta teoria concordo e entendo! A Teoria do “ não lhe deram valor”!

 

*Desculpem homens que não se inserem neste post! É só uma teoria parva que eu e as minhas amigas utilizamos…nada de especial!*

publicado por 100jeito às 18:28
sinto-me:

17
Fev 09

…We all remember the bed time stories of our childhoods. The shoe fit cinderella, the frog turns into a prince, sleeping beauty is awaken with a kiss. Once upon a time....And then they lived happily ever after...

Fairy tales...

The stuff of dreams. The problem is, fairy tales don't come true, it's the other stories, the ones that begin with dark and stormy nights and end in the unexplained, it's the nightmares that always seem to become reality...

 

Há certas palavras, frases que ouvimos e parece que decoramos logo, muito mais fácil de decorar que a matéria que tínhamos de estudar durante o nosso curso...Estas palavras ficaram na minha cabeça...Como eu concordo com elas!!!

 

 

publicado por 100jeito às 19:46
sinto-me:

15
Fev 09

É tão elegante usar anéis de ouro, colares, pulseiras! Mas penso que as pessoas se esquecem do risco destas profissões, tanto ourives, ourivesarias e fornecedores de ourivesarias! É certo que existe profissões com mais riscos, mas hoje ao ver o telejornal lembrei me desta profissão que não tem segurança nenhuma, e o risco é elevado!

Sei do que falo, sei como é andar com malas carregadas de ouro pelas cidades sem a mínima segurança... Sei que o que aconteceu ao Ourives em Gondomar não é nem vai ser o único, pois para mim, assaltar estas pessoas parece me fácil! Pois elas ou investem em segurança privada do seu próprio "bolso" ou esperam que ninguém se lembre de as assaltar!

 

É triste! As pessoas vão ás ourivesarias ficam deslumbradas com as peças mas esquecem se de como aquelas peças chegaram ás ourivesarias, passaram pelo ourives, pelos fornecedores e sem segurança alguma!

 

 

publicado por 100jeito às 13:06
sinto-me:

14
Fev 09

Perguntei a mim mesma: "se ele for um talvez!?"

Pensei para mim: "Esta na altura de arriscar!"

Mas por medo, não sei, não arrisquei!

Deixei passar...

Afinal de contas...

Nem o  "talvez"!

E nem o "tal"!!!

Melhor assim...

 

Eu gosto de pessoas sinceras, adoro conviver com elas, mas por vezes aparecem pessoas que não devem saber o significado da palavra sinceridade, nem tão pouco de honestidade! Dizem bem alto: Eu sou sincero! E verdadeiro! Eu não minto!

Pois para mim, não é preciso dizer "bem alto"...Bastava o ser...sem o dizer!


A sorte é que para desconfiada estou cá eu! Chamem lhe uma defesa ou o que quiserem, o que é certo é que só me desiludi...não me magoei! Pessoas que nos desiludem há muitas e pronto mais uma...Não me sinto magoada...só triste, porque não entendo o porque de mentir...Não era necessário! Mas que posso eu fazer!? Nada...


Vamos lá virar a página sim!!??

publicado por 100jeito às 18:24
tags:

09
Fev 09

Penso eu...

 Que o truque está em gostar do que se faz...Gostar da matéria que se está a estudar naquele momento... Gostar do projecto que temos em mãos... E acreditar em nós!
Obrigado a quem acreditou em mim!

 

 

publicado por 100jeito às 14:50
sinto-me:

08
Fev 09

Fui obrigada a comprar um novo telemóvel, de um dia para o outro não sei o que se passou com os meus 2 telemóveis que "pifaram". Um ainda teve arranjo, o outro nem por isso. Então lá fui eu comprar um, dentro das minhas capacidades financeiras, pois não ando com vontade de gastar muito dinheiro neste tipo de coisas! Sou fã da Nokia, confesso! Então lá comprei um Nokia! Ontem andava eu a pesquisar o novo telemóvel quando me deparo com algo que achei engraçado!

Nas mensagens, tem um pasta que diz "MODELOS"...Abri...Sim já conhecia os modelos existentes, mas havia um que nunca tinha visto em nenhum telemóvel, nem nunca me passou tal coisa pela cabeça! Então um dos modelos dizia assim: "TAMBÉM TE AMO", pensei para mim, bem este telemóvel é "muito a frente"! Faz logo uma suposição que alguém me ama e que terei de responder...Também te amo! É caso para dizer Seriously !!!

publicado por 100jeito às 14:36
sinto-me:
tags: ,

07
Fev 09

Estou bastante curiosa! E não vou perder esta série, amanhã lá estarei colada ao televisor e no dia seguinte também!

 

Sinopse
A vida secreta de Salazar, oposto absoluto do pudor, isolamento e austeridade da vida pública. Afinal Salazar tinha uma vida secreta. Uma vida de paixões.
Já era conhecido o episódio de “flirt” platónico com a francesa Christine Garnier que, no Verão de 1951, veio a Portugal fazer-lhe uma entrevista que deveria durar umas horas e acabou numa longa estada no retiro
do Vimeiro. Mas eram e continuam desconhecidas para o grande público as paixões que Salazar nutriu por outras mulheres.
Esta mini-série de 180 minutos (dividido em dois episódios de
90’) resulta do choque entre a narrativa propagandística, que a francesa Christine Garnier popularizou em livro, e as diferentes tramas amorosas protagonizadas pelas outras mulheres cujos corações foram atingidos pela flecha do Cupido  de Santa Comba Dão. Com uma construção dramatúrgica e com valores de produção cinematográficos, “A Vida Privada de Salazar” o que os portugueses nunca até hoje sonharam ver: Salazar tinha, afinal, uma turbulenta vida afectiva.

Tentador, não!?!?!

publicado por 100jeito às 21:19
sinto-me:
tags: ,

Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

16
21

26
28


subscrever feeds
Vídeos
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Posts mais comentados
32 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
23 comentários
23 comentários
blogs SAPO