29
Jul 09

Não interessa o título...

Conta as aventuras de uma adolescente de 15 anos e termina nos seus 25 anos. Cheia de vida, de garra, sem medos, percorria o mundo com sua mochila ás costas mal chegavam as férias! Adorava sair com os seus amigos, diversão era com ela...até que um dia, sem entender porque nem como, deparou-se com uma fobia: Agorafobia! Poucos conhecessem e os que conhecessem não a entendem! A vida dela mudou radicalmente aos 22 anos, passando 3 meses fechada em casa com medo de sair, medo do próprio medo... Medo de se sentir mal e ninguém a acudir! Medo que não a entendessem. As mentiras iniciaram-se, tudo para não ter que sair de casa, até que um dia, por iniciativa própria pediu ajuda, seus amigos não entendiam e sua família estava reticente, pediu ajuda médica! Alguém a entendia, a família foi ajudando, pois viu que realmente ela passava por algo, seus amigos foram se chegando a ela e aos poucos e poucos foi conseguindo ultrapassar todos os seus medos!

Porém, seu medo do desconhecido ainda não tinha desaparecido, mas ela lutava cada dia para que ele desaparecesse, até que conheceu uma pessoa. E sem essa pessoa saber, ela perdeu o medo e arriscou... Venceu o medo, mas o filme não teve o final que eu e os restantes tanto esperavamos... Que ela ficasse com essa pessoa... Ela terminou sozinha... Não foi como tantos outros filmes, onde tudo acaba bem: "e foram felizes para sempre"... Mas pelo menos ela conseguiu voltar a ser uma pessoa normal como as outras, fazer tudo o que lhe apetece, sem receios, sem medos... Quando o filme terminou, só consegui ver coisas boas para a rapariga, acho que se existisse um segundo filme, ela seria uma vencedora e concerteza que encontraria seu amor...

Pois no final, vi em seu olhar que ela continua a acreditar no AMOR...

publicado por 100jeito às 22:48
sinto-me:
tags: ,

14 comentários:
Há um filme chamado "Nothing" que retrata o mesmo drama, é do mesmo realizador do "Cubo", recomendo...oh surfista!

bj
Ricardo a 30 de Julho de 2009 às 01:43

Obrigado Ricardo, mas para dramas já me chega este filme.... loool
A surfista manda cumprimentos ;)
Beijinho grande
100jeito a 30 de Julho de 2009 às 20:55

Pelo menos conseguiste superar a tua fobia, e issi já é muito bom! : )
Beijocas
complicadinha a 30 de Julho de 2009 às 09:05

Sim, ela conseguiu superar a fobia...;) lol

Beijinho grande
100jeito a 30 de Julho de 2009 às 20:51

Olá 100jeito :)
Uma bonita história, esse filme mesmo sem o ver achei um bom filme, porque esse filme condiz com a vida real, como tu dizes "como todos esperavam não terminou e "foram felizes para sempre"".
Depois de ler cairam-me as lágrimas, pelo simples facto que acordei hoje um bocadito triste, por ver que a pessoa que gosto não está nem aí pra mim, que tudo mudou num piscar de olhos, mas mesmo assim, acordei a pensar, aquilo que estava mesmo a precisar era de alguém que me conseguisse voltar a fazer sorrir, que estivesse do meu lado de verdade, que me entendesse, que me completasse, que me fizesse "esquecer" por tanto sofrimento que tenho passado. Mesmo triste, já mais deixarei de acreditar no amor, porque é esse sentimento estranho mas ao mesmo tempo maravilhoso, que nos faz fazer coisas ilariantes, ganhar forças sei lá de onde, gostar do que não se gostava, ter coragem para tudo e mais alguma coisa...
Já agora se não te importares de dizer, qual é o nome do filme?
Guerreira a 30 de Julho de 2009 às 10:07

Olá Guerreira, não gosto nada de te ver assim, mas compreendo essa tristeza, eu também passei por isso e sei bem que por mais que nos digam que somos isto ou aquilo, que eles não nos merecem etc...nós ouvimos mas o sentimento continua, a saudade continua...mas acredita que vai passar e a "tal" pessoa existe para nós ou como eu lhe chamo o meu "nr1" loool
Eu gostava imenso de te dizer o nome do filme, mas está em segredo! Se o Manuel de Oliveira quiser realizar.....looool
Beijinho muito grande
100jeito a 30 de Julho de 2009 às 20:54

Quem não acredita no amor?
Se é ele que nos move, que nos faz sorrir e chorar, eu ainda quero acreditar.
( colabora no site envia coisas giras para intervaloparacafé@sapo.pt )
Beijocas.
Armando Correia a 3 de Agosto de 2009 às 02:35

Ainda existem muitas pessoas por ai que não acreditam no AMOR...mas acredita amigo eu vi nela que ela continua acreditar! ;) o que é optimo!

(vou colaborar sim ;))
Beijinho grande
100jeito a 4 de Agosto de 2009 às 22:35

Com força e coragem, consegue-se alcançar metas e ultrapassar obstáculos
That Girl a 4 de Agosto de 2009 às 21:44

Sim, isso é verdade e ela parece que conseguiu... ;)
Beijinho grande
100jeito a 4 de Agosto de 2009 às 22:32

As dores mais difíceis de suportar ficam mais leves quando o amor se faz acompanhar.
Ninguém aparece na nossa vida por acaso.

Muitos beijinhos
Manu
Existe um Olhar a 4 de Agosto de 2009 às 22:14

Sim, talvez a "missão" dele fosse essa! Fazer com que ela supera-se todos os seus medos ;)
Beijinho grande
100jeito a 4 de Agosto de 2009 às 22:34

Ainda bem que tudo passou e que ela conseguiu encontrar alguém, ou algo, que a fez "viver" novamente... e eu também acho que nos filmes o fim nem sempre será o mais importante, principalmente quando os meios se mostraram tão importantes e decisivos para um próximo capitulo..
Eu sei que este comentário é fora do tempo, mas eu também só cheguei agora. Bjo grande ;)
Anónimo a 4 de Janeiro de 2010 às 19:18

Olá Diana,
Como ves existe um verdadeiro 100jeito para estas coisas.. só para não passar por anónimo que não era a intenção.
Bjinho
Caíto
Caíto a 4 de Janeiro de 2010 às 22:00

Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
15
16
17

20
21
22
23
25

26
28
30
31


Vídeos
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

57 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
32 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
23 comentários
23 comentários
blogs SAPO