05
Abr 09

O tempo lá fora está meio tosco, eu andava a passear pela casa sem ter absolutamente nada para fazer (uma autêntica seca!) lembrei-me de vir até ao meu quarto escrever sobre algo que muitos me perguntam sempre que dão uma vista de olhos pelo meu 100jeito!

Se eu acredito em príncipes encantados?

Ora, a minha resposta é sempre negativa, para não dar muito azo a diversas teorias e conversas sobre isso, mas na verdade, sim acredito! Mas não da maneira que muitas pessoas pensam! Tenho a minha própria maneira de ver a “coisa”!

Quando vou sair com as minha amigas, demoramos horas até estarmos prontas, e no final a resposta é sempre a mesma – ”Sabe-se lá se não é hoje que encontramos o nosso príncipe encantado!”. Pois, até parece que é essa a única razão para nos aperaltarmos todas! Mas na verdade, saímos somente para nos divertir!

Quanto mais procuramos o príncipe encantado, menos o encontramos. Pois idealizamos o nosso príncipe, como aquele todo ele perfeito, que é romântico todos os santos dias, que nos enche de carinhos mesmo quando está cansado, que nos enche a caixa de mensagens com palavras todas elas dignas daqueles filmes super românticos que choramos do inicio até ao fim! Mas penso que assim nunca iremos encontrar o príncipe que tanto desejamos, talvez em sonhos, até o possamos conhecer, mas na vida real não!

Para mim o príncipe encantado é aquele que nos quer da maneira que somos, que quer passar o resto da vida ao nosso lado, por isso talvez ele não se aproxime logo de nós, talvez até nos faça pensar que o que sente por nós ainda não é certo, pois ele quer ter certezas, e nós como andamos nesta busca incessante deixamos passar alguns supostos “príncipes encantados” pois queremos que eles sejam do “nosso jeito”… E eles não o são, claro que não, são do jeito deles…e é assim que tem que ser!

E como andam para aí tantos sapos á solta, é cada vez mais difícil encontrar o tal príncipe! Temos de os deixar entrar suavemente em nossas vidas, não querer logo tudo, deixar que eles se adaptem a nós e nós a eles, é que muitas vezes, vamos com aquele pensamento do “Mr. Perfect” e depois fugimos a sete pés quando realmente vemos que ele é o vulgar homem…Pois e os príncipes são homens vulgares, com uma simples diferença – Têm calma, são determinados, e querem ficar ao nosso lado para sempre! – Este é o meu príncipe!

 

 

publicado por 100jeito às 20:52
sinto-me: lamechas...!

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
14
15
17
18

19
22
24
25

28
30


subscrever feeds
Vídeos
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

57 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
32 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
23 comentários
23 comentários
blogs SAPO